um exemplo

Thursday, March 30, 2006
A avó é mais do que um exemplo de coragem. Há 4 meses atrás teve um acidente vascular-cerebral que nos deixou a todos de esperanças apertadas. Quando foi internada os médicos achavam que dificilmente resistiria àquela noite. Era uma realidade dura, que nos esforçávamos por tentar aceitar. Mas os dias foram passando, com complicações atrás de complicações e uma qualidade de vida bastante reduzida: não se conseguia mexer, estava confinada a uma cama e era alimentada através de uma sonda.
Aos poucos parecia reaprender as palavras deixando escapar uma, muito de vez em quando.
Numa manhã acordou inteira, cheia de perguntas e com as palavras todas. Queria saber o que fazia ali e por que motivo não sentia as pernas. Do fundo dos seus 86 anos parecia regressar à idade dos porquês. Queria voltar a tudo, ao mesmo tempo, mas as pernas não obedeciam e o sabor das coisas não era o mesmo. Arrancava a sonda e tentava forçar-se a si mesma a comer. Um dia decidiu-se não fazê-la passar mais por esse processo doloroso, desde que ela prometesse que tentava comer. Foi recuperando os paladares, começou a lembrar-se das coisas que gostava. Até voltou ao sentido de humor de antigamente. Todos os dias nos surpreende.
Ontem recebi uma mensagem da minha mãe, que cuida dela há anos, desde que ela começou a precisar de alguém a cem por cento. A avó tinha acordado a sentir as pernas. Pediu que a ajudassem e deu uns passos pelo quarto. Quando chequei a casa tinha aquele sorriso limpo de sempre. "Quero ver se ainda dou umas caminhadas contigo", disse-me.
Mas não é só por isso que ela é um exemplo. A sua preocupação é, sempre, garantir que tudo está bem. A vida foi dura com ela e, apesar disso, sempre desculpou tudo e todos e nunca deu menos do que muito. Ensinou-me que a vida é bonita demais para a desperdirçar-mos, a dar sempre o benefício da dúvida e a respeitar tudo, por mais absurdo que possa parecer.
Há muitos anos que a minha mãe não pode trabalhar e prescinde de muita coisa para cuidar da avó. Chega ao fim do dia quase sem forças e nem sempre mostramos que a entendemos como ela precisa. Este é dos maiores exemplos de amor que conheço. A dedicação da minha mãe foi decisiva para que a avó nunca desistisse de viver, em nenhum momento.
Por isso e por tudo o resto, obrigada mãe.
(Não gosto de falar da minha vida, não tenho por hábito despejar lamentações e elogios assim publicamente mas a verdade é que senti que precisava de partilhar com o mundo o exemplo das duas mulheres mais fortes que conheço. Obrigada por ouvirem)

20 comments:

  1. Eu sei o que sentes pq tenho cá em casa a minha avó que tb tem 86 anos e é uma mulher cheia de coração e sempre com motivação para dar e vender aos outros.
    É bom ter-mos os nossos avós por perto, ajudam-nos a encontrar o caminho, mesmo quando julgamos que não.

    ReplyDelete
  2. post lindo, linda mãe, linda avó e linda neta.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Hermoso post...

    yo perdi a mi abuelita hace año y medio, cuando yo estaba en USA, fue duro, yo la amaba mucho. A la ditancia me despedí de sus manitos pequeñas y su piel delgada y arrugada...

    un abrazo

    ReplyDelete
  4. Fotos lindissimas!Duas mulheres coragem! Graças a Deus também tenho a minha Avó k sempre foi um grande exemplo para mim e k eu simplesmente adoro!! A vida é assim, cada um de nós tem aquele brilho especial...Muita saúde para a tua Avó!

    ReplyDelete
  5. Teresa - ZingarelhoThursday, March 30, 2006

    Palavras sábias de umas mãos hábeis e um coração cheio de sentimentos! Eu infelizmente tenho mesmo muitas saudades da minha avó... por isso aproveito para desejar à tua garra para gozar a vida!

    ReplyDelete
  6. Felizes somos nós por poder conviver com elas. Perdi a minha no último domingo, e sentirei saudades eternas...

    ReplyDelete
  7. Olá,Marta.
    Entendo-te e muito bem, a minha avó faleceu fez 3 anos este mês agora só tenho o meu avô,mas está com 81 anos e todos os dias é mais uma batalha,e como eu entendo pois é a minha tia que toma conta dele pois ele é do lado do meu pai.
    Mas a minha mãe e eu vamos lá todos os dias e sempre que é preciso mais do que uma vez por dia...

    Força para uma avó,uma mãe e uma neta...Fantásticas.


    Beijitos.
    Bia

    ReplyDelete
  8. laracrafts said
    Nem sempre estamos atentos! Realmente atentos! À vida, às pessoas, aos animais, aos dramas, às alegrias. Tudo passa muito depressa. Tão depressa que não nos apercebemos o que é realmente importante: as PESSOAS. É o melhor que a vida tem. Somos nós! As relações entre eu e tu, entre tu e ele, entre ele e nós. É isso que é importante. As pessoas com que, ao longo da vida, nos cruzamos. Que não nos falte a sensibilidade para a amizade, o respeito, o carinho e para o amor.

    ReplyDelete
  9. obrigada a todos pelos comentários

    clementine tangerina: tens to9da a razão, a sabedoria deles é mais do que precisosa

    mamã kida: obrigada, mesmo!

    verrito: muita força e obrigada, um abraço


    andreia: muito obrigada e um beijinho grande para a tua avó


    teresa zingarelho: muito muito obrigada por tantos e tão simpáticos comentários e obrigada pela força, do coração


    solange: minha querida, lamento profundamente a sua perda, tenho a certeza que será recordada da melhor forma, um grande grande abraço


    bigbluesmile: muita força para vocês, o segredo é esse, sorrir sempre e estar sempre perto dele, um abraço


    laracrafts: querida, disseste tudo, obrigada de coração

    ReplyDelete
  10. e so ha pouco tempo dou valor a minha mae, dou valor ao que ela faz por mim todos os dias. e sabe-me bem sentir o amor dela. infelizmente nao conheci nenhuma das minhas avos.mas gostava de ter conhecido...as tuas palavrasestao lindas e cheias de esperança...a vida acaba num fechar de olhos, por isso aproveitemos a presença das pessoas de quem mais gostamos, hoje, e nao amanha; )*

    ReplyDelete
  11. Lindo, Marta. Fico muito feliz, por ti, pelas tuas mãe e avó :)

    ReplyDelete
  12. Você é uma usina de emoções ,consegue nos deixar admirados quando fotografa,quando cria e quando escreve ...estou sem fala!!!!
    Beijos no coração

    ReplyDelete
  13. é um post cheio de emoções.
    Beijos

    ReplyDelete
  14. avó coragem sem dúvida...talvez se a minha tivesse lutado assim ainda estivesse entre nós...ou talvez não...

    bjs*

    ReplyDelete
  15. Ainda bem que a tua avó está bastante melhor. :) Fico feliz! bjs com saudades

    ReplyDelete
  16. "Essa história da sua avó é uma lição de vida!!!!! Para aquelas pessoas que vivem reclamando e se lamentando do que não têm....
    Acho que vocês são pessoas abençoadas, sua Avó por ser um exemplo, sua mão pela dedicação e você por ser privilegiada de poder presenciar tudo isso!!!!"
    Kátia Silva
    katia1702@hotmail.com

    ReplyDelete
  17. :) ... fizeste me sorrir...sempre quis ter uma avó assim :)

    ReplyDelete
  18. Great work!
    [url=http://juojcgdj.com/dkkv/jroq.html]My homepage[/url] | [url=http://gcggbnip.com/gueh/tvsl.html]Cool site[/url]

    ReplyDelete
  19. Good design!
    http://juojcgdj.com/dkkv/jroq.html | http://cagbpcuz.com/ymdn/zbgh.html

    ReplyDelete